5 raças de cães para viver em apartamento

Publicado em 08 de outubro de 2014 por Mundo Animal


Tagged , , , ,
Fotos Reprodução | Texto Renata Julião

A escolha de um cachorro para viver em um apartamento tem que ser bem pensada. Deve ser visado o bem estar do dog, a adaptação da raça escolhida à ambientes fechados, os cuidados que o dono deverá ter e também as regras do condomínio para a criação de animais.

Para ajudar nessa decisão, fizemos uma lista com as raças mais indicadas:

YorkshireYorkshire Terrier

O Yorkshire é uma ótima opção para viver em apartamento. Além de ser de pequeno porte, é muito independente e não requer passeios constantes. É muito indicado para donos que passam o dia todo fora e não tem muito tempo para o cão.
Devido à pelagem lisa, devem ser escovados diariamente para evitar que se criem nós. Os banhos devem ser dados semanalmente.

Shih-tzuShih-tzu

Essa raça ganhou popularidade nos últimos anos por serem, além de lindos, dóceis, companheiros e amorosos. Se adaptam facilmente a ambientes pequenos, são independentes e muito receptivos com pessoas estranhas.
Requerem escovação diária e banhos frequentes.

pugPug

Devido ao focinho curto, o Pug tem dificuldade para respirar e não deve se exercitar muito. Entretanto, são necessárias curtas caminhadas com o pequeno, que tem tendência a engordar.
Se adapta bem a apartamento, mas deve-se tomar cuidado com temperaturas elevadas, pois é sensível ao calor.
É obediente, gentil e carinhoso com os donos.

DachshundDachshund

O famoso “Salsichinha” é um eterno brincalhão, protetor, fiel e companheiro, mas pode ser um pouco arisco com desconhecidos.
Por ter tendência a engordar, precisa passear sempre e gastar bastante energia.

 

Dogue-AlemaoCão Dinamarquês (Dogue Alemão)

Se você tem um apartamento espaçoso, por que não um cão de grande porte?
Ao contrário do que se imagina, o Cão Dinamarquês se adapta bem a esse tipo de ambiente.
O dono deve reservar algum local no apê para o cão, um lugar dele, onde ele possa deitar e se esticar, seja num canto do quarto, na varanda, na sala.
Outra necessidade desse grandalhão são os passeios, preferencialmente de duas à três vezes por dia, durante meia hora.
O Dogue é doce, calmo, carinhoso e protetor.


Posts Relacionados:

Comentários