Alimentação pode interferir na vacinação em cães e gatos

Publicado em 11 de setembro de 2014 por Mundo Animal


Tagged , ,
Texto: Redação | Foto: Reprodução/Campanha de Vacinação

Você sabia que existem fatores que interferem na resposta do animal em relação a vacinação em cães e gatos? Um deles é a questão da nutrição em pets, afinal, animais bem nutridos apresentam uma resposta mais adequada às vacinas de modo geral.
Segundo Keila Regina de Godoy, médica veterinária da PremieR pet, a atenção com o sistema imunológico de cães e gatos deve ser redobrada nos primeiros meses de vida e na idade madura. Consequentemente, a alimentação ganha uma importância ainda maior nessas fases. “Filhotes com apenas alguns dias de vida possuem um sistema imunológico ainda imaturo, enquanto nos idosos algumas células de defesa tornam-se menos ativas, o que pode deixá-los mais vulneráveis a diversas doenças, além da maior susceptibilidade a infecções”, esclarece.

Além disso, ela explica que qualquer alteração no estado geral do animal, como uma simples virose ou exercício físico intenso, pode gerar queda de imunidade. Os gatos são um bom exemplo, pois são geralmente acometidos por doenças virais que levam à imunodeficiência, como o vírus da imunodeficiência felina (FIV) e o vírus da leucemia felina (FeLV).
“A dieta é a principal responsável pelo fornecimento adequado dos ingredientes que servem de base para o bom desenvolvimento do sistema imune, pela multiplicação das células de defesa e pela formação de outras substâncias importantes para imunidade. E em casos de desnutrição, o primeiro sistema do organismo afetado é justamente o sistema imunológico”, aponta a especialista.

Fica evidente, portanto, a importância de um suporte nutricional adequado durante toda a vida dos animais de estimação. Sem esse cuidado, muitas vezes não é possível atingir o resultado esperado com as vacinações, dada toda a relação entre a nutrição e o sistema imunológico. Um alimento adequado para a faixa etária, o porte, a raça, o nível de atividade física, bem como as condições fisiológicas e corporais é fundamental para garantir a boa imunidade e a saúde geral dos cães e gatos.


Posts Relacionados: