Calopsita: O que você precisa saber para cuidar

Publicado em 07 de março de 2016 por Mundo Animal


Tagged , , , ,
Texto: Redação | Foto: Pixabay

Comportamento

Contrário de muitas aves, as calopsitas apegam-se muito ao dono e interagem bastante, são alegres e divertidas e se suas necessidades estiverem supridas, se adapta facilmente a qualquer ambiente.

As calopsitas vivem até 25 anos, exigem muita atenção do dono, pois gostam de estar sempre interagindo. Caso essa necessidade seja esquecida, ela poderá desenvolver uma atitude mais agressiva e podem também a prática de automutilação por estarem entediadas.

Para que ela não tome muito tempo e exija tanta atenção, é aconselhável que ela tenha um companheiro, também, contrário de outros animais de estimação, as calopsitas necessitam se relacionar sexualmente. A escolha do companheiro deve ser feita por ela, pois caso contrário poderá haver brigas.

As calopsitas não apresentam um comportamento definido, enquanto uma pode ser esperta e brincalhona, outra apresenta um comportamento mais tranquilo e quieto. Não é aconselhável ter uma calopsita se você tem, ou pretende ter crianças, pois por mais que sejam aves dóceis, as crianças ao manuseá-las erroneamente, poderá assustá-la fazendo com que ela o ataque para se defender.

Ao adquirir uma calopsita você terá que ter ciência de que ela estará assustada e irá levar alguns dias para se adaptar ao novo ambiente, para isso, evite ficar pegando ela demasiadamente, coloque sua gaiola em um local calmo, sem presença de barulhos que possam assustar a ave. Se optar por ter mais que uma calopsita, apresente o mais cedo possível para facilitar a adaptação.

Ambiente

Ao escolher a gaiola, opte por uma que tenha as grades não muito espaçadas para evitar que ela se machuque, ela deverá ser grande o suficiente para que a ave se sinta confortável, e também deverá ter saídas laterais para que ela possa sair sempre que quiser.

Alimentação

Sua alimentação deverá ser a base de vários tipos de sementes como por exemplo girassol, linhaça, painço e etc. Deverá também ser complementada por ração especial para aves. Não alimente sua ave com comida para humanos, e muitas frutas também não serão bem vindas, o ideal seria que não oferecesse, e nem deixe os alimentos ao alcance da ave.

Alguns alimentos são proibidos como alface, abacate, chocolate, cafeína, feijão, sementes de frutas, qualquer alimento que possua gordura ou sal.

Alguns tutores optam por uma alimentação balanceada como por exemplo:
20% de alpiste, 50% painço, 15% arroz c/ casca, 10% aveia, 5% girassol, todos os dias.

Espinafre, chicória, almeirão, couve, milho verde, farinha de ostra, para ajudar na digestão e como fonte de cálcio, e osso de ciba.

A orientação do médico veterinário, especializado em aves é indispensável.

Cuidados

Alguns cuidados não deverão ser esquecidos como por exemplo, nunca deixe produtos de limpeza, purificadores de ar, velas acessas entre outros.

Muito cuidado com ventiladores e não deixe de colocar brinquedos para que ela aprenda a brincar sozinha.

Veja também como adestrar a calopsita


Posts Relacionados: