Como escolher a ração certa

Publicado em 26 de novembro de 2015 por Mundo Animal


Tagged , ,

A ração canina deve conter  todos os nutrientes necessários para a saúde do cão. Por isso, deve ser de boa qualidade, misturada e processada proporcionalmente.

Para que a ração seja considerada adequada deve conter fontes de carboidrato, proteínas, gorduras, fibras, minerais e vitaminas, totalizando 45 nutrientes indispensáveis para o bem-estar do animal.

A dosagem correta do alimento varia conforme o estado físico do cachorro. O mais importante é observar o valor energético na embalagem do produto e ponderar valores mais altos para cães que estejam  abaixo do peso ideal ou muito quietos e um valor menor a cães obesos ou hiperativos.

Problemas causados por rações de baixa qualidade

Neste caso, tanto o excesso quanto a falta dos nutrientes necessários são prejudiciais à saúde do animal. Alguns destes problemas são: queda de pelos ou opacidade, obesidade ou perda excessiva de peso, problemas cardíacos, hepáticos, falta de imunidade, problemas nos ossos e articulações, dentre outras.

Vale lembrar que as rações são específicas para cada fase do animal, ou seja, seus nutrientes são balanceados de acordo com sua idade. Não ofereça uma ração de idoso ou filhote a um cão adulto, por exemplo, isso pode desencadear sérios ricos à saúde do animal, afinal, eles possuem necessidades distintas a cada fase de sua vida.

Qual a ração adequada?

Há quatro tipos de ração, ambas contém os nutrientes necessários para o pet, o que as faz ser diferente é o grau de absorção, ou seja, uma ração de baixa absorção não faz com que o animal sinta a sensação de saciedade, comparando a uma ração de boa absorção.

 – Econômica

É produzida com ingredientes que variam conforme o valor de cada nutriente, por este motivo seu custo é mais baixo. Esta tem uma taxa de absorção de até 60%.

– Standard

Este tipo de ração é uma das mais vendidas por adotar uma variação menor de ingredientes. Sua taxa de absorção chega a 70%

– Premium

Este tipo de ração quase não varia os ingredientes, por isso custa um pouco mais caro. Tem uma taxa de absorção de 80%

– Super Premium

Esta mantém sempre os mesmos ingredientes e nutrientes, é a mais cara dentre as demais e sua taxa de absorção é de 85%

Veja também :

trocar-racao

Como trocar a ração de filhote para de adulto?

Avaliar o peso, tipo de raça e a idade do animal são fundamentais para saber o momento adequado. Confira mais dicas!


Posts Relacionados:

Comentários