Guia de primeiros socorros para cães e gatos.

Publicado em 28 de janeiro de 2016 por Mundo Animal


Tagged , , , , , ,
primeiros-socorros
Texto: Redação | Foto: Reprodução

Primeiros socorros para o animal em estado de choque

O animal entra neste estado quando há deficiência sanguínea nos órgãos vitais, o que pode levá-lo a morte.

Para identificar se o animal está em estado de choque, verifique se os batimentos cardíacos e respiração estão acelerados, temperatura do corpo muito baixa, principalmente nas patas e orelhas, gengivas esbranquiçadas e pode perder ou não a consciência.

Para ajudar, mantenha o animal deitado de lado, coloque cobertor para aquecê-lo, se possível, bolsa ou garrafa com água quente para ajudar, se não for caso de atropelamento, ou outro que não possa mover o animal, abrace-o para ajudar a aquecê-lo com a temperatura do seu corpo.

Coloque a língua dele para fora da boca para não obstruir a passagem de ar.

Mantenha a cabeça e o tronco um pouco abaixo do restante do corpo para ajudar o sangue a chegar ao cérebro e ao coração.

Se houver sangramento, use um pano limpo para compressão, segure por alguns minutos contra o ferimento até que a hemorragia se estanque.

Primeiros socorros em caso de parada respiratória

Certifique-se de que o animal não está respirando e siga o procedimento:
Feche a boca do animal segurando firmemente, levante a cabeça do animal, coloque uma gase ou um lenço fino no focinho e leve a boca até ele . Sopre as narinas e observe se o peito do animal se expande, deite-o novamente e pressione o peito delicadamente para que o ar saia. Repita este procedimento por 8 a 10 vezes no período de 1 minuto. Caso ele não volte a respirar sozinho, continue a fazer a respiração artificial.

Primeiros socorros em caso de parada cardíaca

Para identificar, coloque a mão no peito do animal e procure por batimentos cardíacos. Caso não haja, siga os procedimentos para massagem cardíaca:

Deite o animal para o lado direito dele, ou seja, com o lado esquerdo dele para cima, onde você irá manipular.

Coloque sua mão sobre o coração dele e pressione firmemente e rapidamente, essa pressão deverá ser uma por segundo. Em caso de animais pequenos, faça isso usando apenas as pontas dos dedos. Repita esse procedimento por um minuto e observe se os batimentos voltaram.

No caso de uma parada cárdio respiratória, ou seja, ambos os procedimentos acima.
Faça uma sequencia de 6 massagens cardíacas para 1 respiratória, repita até o animal se estabilizar de preferência a caminho do veterinário.

Primeiros socorros para atropelamento de cachorro ou gato

A primeira coisa que se deve ter é muito cuidado e calma ao se aproximar, se o animal estiver sentindo dores ele poderá ficar agressivo.

Bastante atenção ao removê-lo para que o quadro não se agrave, o ideal seria isolar a área e chamar por um médico veterinário, se isso não for possível e realmente precisar removê-lo, use uma tábua como prancha, mova-o com muito cuidado para cima dela imobilize o animal para evitar que ele se mova. Se ele tiver com hemorragia, coloque um pano limpo sobre o local e pressione levemente para estancar e encaminhe ao veterinário.

Primeiros socorros para cortes e feridas em cães ou gatos

Se o ferimento for grave ou estiver com sangramento, não passe nada no ferimento, apenas coloque um pano limpo, pressione levemente para estancar a hemorragia se houver, e leve-o imediatamente ao médico veterinário.

Se o ferimento for superficial, onde você tem certeza de que não é profundo e não há necessidade de sutura ou um procedimento profissional, limpe bem com água e sabão, use um anti séptico e cubra com uma gaze e esparadrapo, certifique-se de que o animal não vá roer o curativo.

Primeiros socorros para envenenamento

Em casa há diversos produtos que podem intoxicar seu animal caso ele venha a ingerir, como água sanitária, desinfetante, venenos, iscas para ratos e baratas e etc…

Caso não presencie o ato, você poderá levar dias para notar que há algo de errado com ele. Por isso é sempre muito importante estar atento a variações de comportamento do animal, isso sempre indica sinal de doenças.

Os principais sintomas do envenenamento é salivação excessiva,olhos lacrimejantes, vômito e diarreia.

Nunca tente medicar, nunca em hipótese nenhuma você deve dar leite, pois pode desencadear uma enorme diarreia e agravar o quadro.

Em qualquer dessas situações a única coisa que se deve fazer é levá-lo imediatamente ao veterinário.

Primeiro socorros para queimaduras

Neste caso não passe nada sobre a queimadura, jamais coloque pasta de dente, cremes, pomadas, isso poderá piorar a situação, leve ao veterinário para que ele receite o medicamento correto para o animal.

Tenha sempre em mãos o número do telefone do veterinário para qualquer tipo de emergência.


Posts Relacionados:

Comentários