O que fazer se o cachorro cair da escada

Publicado em 29 de agosto de 2017 por Mundo Animal


Tagged , , , , ,

Muitos acidentes com animais de estimação podem ocorrer dentro de casa. Entre os mais comuns, as quedas têm sido bastante observadas nos consultórios. Uma queda da escada pode representar um trauma grave dependendo da região. Não raramente traumatismos cranianos acontecem por tombos desse tipo, fraturas em membros, rupturas de ligamentos dos joelhos, fraturas de coluna, entre outros.

Saiba como agir em caso de queda do animal em escadas

O mais importante é manter a calma e descobrir qual área foi atingida. Animais com trauma craniano devem ser transportados com a cabeça elevada (em ângulo de 45 graus) e vias aéreas desobstruídas (pescoço esticado), com o dono atentando para não movimentar a coluna cervical. Utilizar uma manta para aquecer o animal também é importante. No caso de trauma na coluna, uma prancha deve ser usada para estabilizar o pet deitado sem grandes movimentações. O mesmo deve ser realizado com as fraturas. Já se houver sangramento, deve-se pressionar a região com auxílio de uma gaze ou atadura na tentativa de estancar até chegar na estrutura hospitalar.

Aliás, em todos os casos citados acima, o mascote deve ser levado imediatamente a um pronto-socorro animal. No hospital, exames de imagem serão realizados após estabilização do animal para detectar possíveis fraturas e avaliar a extensão das lesões para planejamento do melhor tratamento.

Cuide bem do seu pet

As quedas da escada podem ser sérias. E, além dos acidentes, o hábito de subir e descer degraus constantemente pode provocar problemas na coluna do bicho. Por isso, a prevenção sempre é o melhor remédio! Assim como ocorre com as crianças, as escadas devem ser protegidas utilizando-se portões retráteis. Adestrar o animal para que permaneça em um determinado cômodo e não tenha o hábito de subir escadas pode ser também uma saída.


Posts Relacionados: