Os cães podem ter comportamentos homossexuais?

Publicado em 22 de agosto de 2017 por Mundo Animal


Tagged , , , ,

Não existe uma resposta clara até o momento sobre por que isso ocorre. Pesquisas feitas em várias espécies mostram que uma variedade de fatores, como genéticos, hormonais e ambientais, pode influenciar essa atitude. No entanto, não é tão simples assim descobrir se o pet tem interesse por parceiros peludos do mesmo sexo.

Se tomarmos como exemplo o hábito que eles têm de ‘montar’ um no outro, observamos que isso ocorre como expressão de diversos comportamentos entre machos e fêmeas, machos e machos e fêmeas e fêmeas, não necessariamente homossexuais.

Os proprietários podem confundir a homossexualidade com expressões comuns nos cães, como postura dominante, limpeza por lambedura, comunicação por meio do cheiro, entre outros. Apesar de ainda não haver muitas explicações concretas, não há motivos para maiores preocupações.

Os riscos da relação homossexual entre pets são os mesmos da heterossexual, como a transmissão de doenças.

Laços afetivos entre os bichos

Seja com animais do sexo oposto ou do mesmo, os cães, assim como outras espécies, podem criar laços de afeto. Essa afirmação está sendo comprovada por pesquisas, como a da bióloga Joan Roughgarden, que analisou centenas de casos entre bichos do mesmo sexo, incluindo mamíferos, aves, peixes e répteis. O estudo das relações homossexuais desmistifica a hipótese de que os animais se relacionam apenas pela procriação da espécie.


Posts Relacionados: