York Chocolate

Publicado em 28 de janeiro de 2016 por Mundo Animal


Tagged , , , , ,
Texto: Redação | Foto: Divulgação

Origem da raça York Chocolate

Originária dos Estados Unidos, esta raça recentemente surgida, em meados de 1983. Acredita-se que sua pelagem de cor chocolate, pode ser herança de seus antecessores siameses, que antigamente possuía características diferentes dos siameses que conhecemos hoje, a raça é um resultado do cruzamento entre gatos domésticos de pelos longos. Esta raça não é reconhecida pela TICA (The International Cat Association) e FIFe (Fédération Internationale Féline) , somente a CCA (Canadian Cat Association) e CFF (Cat Fanciers Federation) reconhecem a raça.

Comportamento da raça York Chocolate

Amigo, companheiro, brincalhão e um ótimo caçador, são as principais qualidades que definem o York Chocolate. Muito bem humorado, convive bem com crianças e outros animais de estimação. Carinhoso, não dispensa afetos das pessoas. O York também é muito leal aos seus tutores.

Cuidados com a raça York Chocolate

Embora seja um gato de pelos semilongos, o York não exige muitos cuidados, basta uma escovação semanal para manter seus pelos limpos, brilhantes e a remoção dos pelos mortos. Também é aconselhável ter brinquedos para distraí-lo.

Saúde da raça York Chocolate

Não há registros de problemas genéticos, ou específico da raça, a única preocupação, que geralmente afeta os gatos de pelos, longos, ou semilongos, seria com a ingestão de pelos que formam uma bola em seu sistema digestivo, podendo causar tricobenzoares. Pode ser evitado com a escovação semanal..

Ficha da raça York Chocolate

 York Chocolate

Padrão Oficial da Raça

TICA (The International Cat Association)– Não reconhecido
FIFe (Fédération Internationale Féline)– Não reconhecido
CCA (Canadian Cat Association)
CFF (Cat Fanciers Federation)
CFB (Confederação de felinos do Brasil)– Não reconhecido

Lembre-se: Os animais são uma vida, não são brinquedos e nem tampouco enfeites. Ame-os e respeite-os. Pense muito antes de adotar um pet, eles precisam de muita atenção e carinho.”


Posts Relacionados: